function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Caminho

No meu cativo vivenciar,
Resultado de imagem para embriaguez do amorela tornou-se a chave do 
mais puro segredo, capaz
de adentrar nessa minha 
criptografada agonia e,
como uma clave de sol,
dúbia e sistematicamente,
escancarar os pórticos
onde aprisiono meus
abissais sentimentos
e despejar, como se uma 
super nova fosse,
todo o brilho que 
aquece as paixões,
excita as retinas e,
numa afetuosa sinergia, 
desfibrilar o descompasso rítmico 
que existe entre meu enclausurado
desejo e a ternura deste teu abraço,
no qual, acoplados, destilamos,
em nossos corpos, o gozo, o licor,
síntese desse nosso embriagado amor.


                                    J  R  Messias

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Infinitude de ti

Os sentimentos se expressam,
No delinear dos gestos
Na amplitude dos sorrisos
Ou em páginas de versos dispersos

Eles, também,
São ditados ao sabor do verbo
Escoados no deslizar das lágrimas
Ou proscritos no oníricamente eterno.

Mas os sentimentos,
Que Transfixam corações e,
Nos enchem de emoções,
Encontram a tradução,
Sentido e razão
Só nas grandes e inesquecíveis
Paixões.

                       J.  R.  Messias

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Criatura

Resultado de imagem para muralhasPulsa entre esquálidas
molduras de copiosa saudade,
obsequiosas palavras que,
ocultas, desdobram-se                     
em sentimentos a flamejarem

inócuos desejos tão marcados
por uma vontade carnal
de sobrepor-se ao iníquo,
entregando-se aos bacantes
regozijos que fremem a alma
a carne e o gozo
numa herética ereção
a transpor teus  baluartes 
e no despir desta busca
despejar-me na infinitude
dessa certeza nua, úmida
e eterna, que é só tua.


                                         J R Messias

domingo, 29 de outubro de 2017

Sinótico

Massiva esta saudade
claustro resignado 
a decompor
Resultado de imagem para de mãos atadassentimentos
na clausura dos escaninhos
inatingíveis 
mas não 
inolvidáveis
embora escassos 
sejam teus signos
efêmeros como
o  teu olhar
intenso,
felino, faminta
e abusada
mas que de mim
deseja o desatino,
o desatar 
de um encarcerado 
destino.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Eterna

Eu te completo
E te locupleto,
Eu te encho com meu afeto
Que no coração
Guardo e não nego
Seja entre quatro paredes
Ou debaixo desse teto
Sou o teu amado
Que no cerne dessa paixão
Labuta entre versos e alegria,                                                             a traduzir,
O que para os outros
É incerto,
Mas que pra nós
É puro amor e poesia.

                  
            J. R .  Messias

domingo, 3 de setembro de 2017

Sunset Woman

Sob o por do sol
desses ruivos cabelos
Brilha a mulher
De vida marcada
Pelas diabruras do corpo
E pelas iluminuras de uma alma
Luminosa como o próprio nome
A cintilar uma
vida , repleta de flores e frutos
Colhidos de seus doces sonhos
Mas que, no cotidiano,
Impõe seu indômito
querer que, maquinalmente,
Moe  a dor,
despedaça a tristeza
E desdobra em esperanças,
As palavras  e canções
Que de sua boca, ressoam
Como preces e orações.

J.. R... Messias

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Presença

Resultado de imagem para tua presençaBusco nos fragmentos 
destas lembranças,
signos derivados
de sentimentos percolados,
dessa incauta paixão.

O teu olhar,
sortilégio que abrigou-me
da tirania e do tédio,
um olhar de ébano,
como um rastro de luz 
para apaziguar a dor.

Tua voz,
repleta na firmeza 
impositiva dos desejos,
que soavam como um canto,
um benfazejo a emprenhar,
os dutos, com inolvidáveis
sussurros.

Teu corpo,
figura translúcida,
como um diáfano véu 
angelical,
preencheu espaços
de minha alma,
numa líquida e absorta
sapiência de mulher,
a transpor, pelo carinho,
as diversas formas,
de nunca deixar-me
sozinho.


                                                   J. R. Messias